T5: Resumo Expandido

Resumo Expandido apresentando resultados e interpretando análises de Práticas Experimentais (I+II)

Abordagem

Cada equipe (mesmas da T4, conforme orientações sobre T4 no moodle) entrega um resumo expandido conciso e resultados digitais específicamente sobre os dados que vocês coletaram, como se fosse para envia os anais de um congresso.

Os objetivos gerais (iguais para a turma inteira) da prática e da avaliação associada será de:

  • se familiarizar com uma amostragem rápida de indicadores de desempenho inicial de cultivos;
  • discutir a acurácia versus precisão dos dados coletados e discutir possíveis erros; 
  • sistematizar e ordenar os dados de forma que possibilita análise;
  • documentar concisa e objetivamente a metodologia de amostragem e verificação de dados que permitiria outra pessoa repetir a amostragem e obter os mesmos resultados - apenas baseada na sua metodologia documentada;
  • articular hipóteses específicas que podem ser testados com os dados coletados;
  • resumir (graficar e/ou tabelar) os dados de forma que facilite a interpretação (pode mas não precisa incluir análise estatística; no caso de incluir os pressupostos da análise precisam ser avaliados e reportados)
  • articular as implicações agroecológicas no caso que as hipóteses forem corroboradas.

É indispensável que título, objetivos específicos, metodologia documentada, natureza dos dados entregues, e implicações fiquem diretamente coerentes.

Concisão

  • Total máx. 600 palavras (excluindo referências/notas de rodapé, caso necessárias).
  • Não precisa ser tudo texto fluido – algumas partes podem ser apresentadas como pontos chaves – quando apropriado.

Estrutura

  1. Título: Deve gerar interesse no público alvo, capturar a ideia central dos dados e/ou suas implicações e ser conciso e fácil de entender.
  2. Introdução: Justificativa muito concisa da importância das análises a serem apresentadas e fundamentação teórica que permite o leitor (p.ex. um estudante de agronomia de outra universidade) entender a abordagem de análise e a relevância dos resultados.
  3. Hipóteses específicas: Articulam concisa e concretamente a(s) hipótese(s) que realmente podem ser testadas com os dados coletados.
  4. Métodos (de amostragem e verificação dos dados): Documenta concisa e objetivamente o procedimento de coleta de dados e análise pós-coleta, assim como o procedimento para localizar e corregir erros. A Metodologia deve permitir outra pessoa repetir a amostragem e obter os mesmos resultados - apenas baseada na sua metodologia documentada. Na Metodologia podem incluir diagramas, tabelas, fotos, e/ou figuras, mas apenas se isso realmente ajuda no entendimento do procedimento de um jeito que não pode ser transmitido tão efetivamente e/ou concisamente apenas no texto. No caso de incluir diagramas, tabelas, fotos, e/ou figuras, é essencial que o texto faça referência à tabela/figura, e que tenha uma legenda clara e sucinta, que seja informativa para entender a tabela/figura sem precisar ler o corpo principal do texto (qualquer dados não coletados por seu grupo, ou figuras etc de outra fonte precisa ser devidamente citada!). 

    No caso da medição das culturas seria o mais indicado calcular e analisar separadamente:
         (a) % dos berços plantados onde estabeleceu-se o cultivo para cada espécie e cada parcela separadamente;
         (b) média de altura apenas dos indivíduos estabelecidos. Ou seja, não considerar os zeros aqui de novo, uma vez que já os computaram em (a).

    Assim vcs poderão interpretar separadamente os efeitos de: 
         (a) predação de sementes, germinação, emergência; e
         (b) crescimento, competição com espontâneas, herbivoria, doenças, etc.

  5. Resultados: um resumo dos dados coletados, enfocando naqueles dados que podem ser interpretados, e que apoiam as suas mensagens centrais, provendo evidências para embasar a seguinte...:
  6. Discussão (das implicações agroecológicas ou abordagem de análise): Essa seção articula muito sucintamente o que implicaria o resultado caso que as hipóteses forem corroboradas. Caso não forem corroboradas, é importante discutir o quê precisariamos modificar na abordagem ou metodologia de experimentação ou análise para podermos testar robustamente essa hipótese. Tanto para corroborar ou para refutar a hipótese inicial precisam citar literatura científica relevante para discutir a interpretação da generalidade, consistência e significado mais amplo dos seus resultados em relação a outras pesquisas e a problemática apresentada na introdução. Pode também especular um pouco como poderia ser aplicado tal resultado, ou em termos práticos no manejo agroecológico, ou em futuras pesquisas. Porém, especulações precisam ser articuladas como tais! Qualquer especulações devem ser diretamente relevantes para as hipóteses ou a problemática apresentada.
  7. Conclusão: Sucintamente articular a(s) sua(s) mensagem(s) centrais da análise que são robustamente apoiadas pelos resultados. A hipótese deve ser articulada de uma forma que seja diretamente coerente com a conclusão.
  8. Referências bibliográficas e/ou outras fontes: Só incluir referências citadas no trabalho, principalmente na Introdução, Metodologia, e Discussão.

Entrega

Um(a) estudante responsável de cada equipe ("primeiro/a  autor(a)") envia o arquivo eletrônico do trabalho por email (DOC ou ODT; max 20MB) até o prazo indicado embaixo. Em todo caso é fundamental que o nome do arquivo (e na capa dentro do arquivo) contenha os nomes de TODOS os coautores na ordem decrescente de contribuições para o trabalho. Ou seja, o nome do arquivo deve ter o seguinte padrão geral: 

NumeroDaEquipe_Nome1-Nome2-Nome3-etc.doc

Exemplo:
4_JSilva-MAntunes-ACosta-FSchmidt-GOliveira.doc

Quem não contribuiu significativamente para a elaboração do trabalho, NÃO deve constar entre autores, mesmo se tenha registrado seu nome na tabela wiki da equipe! No ato do envio ao professor o arquivo dos slides precisa obrigatoriamente ser enviado com cópia (Cc: ) a TODOS OS COAUTORES. Desta maneira qualquer coautor(a) que não recebeu até o prazo uma cópia dessa entrega oficial do trabalho para o professor, tem a responsabilidade de agilizar o envio do trabalho final com os nomes de todos os coautores que contribuíram substancialmente para a elaboração do trabalho.

Pesos dos Critérios de Avaliação:

20%

Coherência entre título, hipóteses, metodologia, resultados mostrados, discussão e conclusão.

30%

Clareza e completitude da metodologia (se tiver blabla ou conteúdo vago, ou se faltam pontos pertinentes para poder repetir exatamente a mesma metodologia, perde pontos aqui).

30%

Raciocínio, novidade e relevância da discussão.

20%

Grau informativo e estilo racional, claro e imparcial de apresentação, que facilitam a formação de opinião e priorização independente e informada pelo leitor (se tiver alegações não fundamentadas ou justificadas no texto, dogmatismo ou falta de transparência, perde pontos aqui).

Porém, se houver algum plágio (copiado de dado ou texto de outro grupo, da internet, ou de outra fonte não citada): reprovação sem arguição!  [seminário online sobre redação científica e referências bibliográficas]