Fórum vídeoaula 12

Aula 12

 
Imagem de Alice Hübner Franz (202000626)
Aula 12
por Alice Hübner Franz (202000626) - Monday, 27 Apr 2020, 11:36
 

Diante da leitura dos textos e frente ao atual cenário em que vivemos com a pandemia do coronavirus, estamos assistindo a um movimento crescente de deslegitimação da ciência. Ainda que se saiba que a solução dessa problemática virá do campo da ciência e do trabalho de cientistas do mundo inteiro, que correm contra o tempo para encontrar medicações e vacinas, esse movimento de descrédito da ciência cresce no Brasil e é fomentado inclusive pelo presidente Bolsonaro. Frente a isso, questiono quais os possíveis fatores sociais que podemos atribuir a essa descrença e como a comunidade científica pode agir no sentido de superar movimento?

Imagem de Mauricio Roque Serva de Oliveira
Re: Aula 12
por Mauricio Roque Serva de Oliveira - Tuesday, 28 Apr 2020, 13:20
 

Alice,

A tua questão é muito importante e bastante ampla, no sentido de que muitas respostas poderiam ser colocadas. Refiro-me aos "possíveis fatores sociais que podemos atribuir a essa descrença"; penso que cada profissional da ciência pode indicar uma boa lista desses fatores.

Em minha visão, dentre os vários fatores que nos conduzem a uma compreensão maior dessa descrença, considero com um dos principais o baixíssimo nível de educação formal que o brasileiro tem na atualidade. Até 1964, é inegável que estávamos construindo com sucesso um ensino público de boa qualidade (eu testemunhei isso durante meus primeiros anos de estudo) desde os níveis iniciais até o nível mais elevado que é a educação na universidade. A ditadura militar simplesmente estancou grosseiramente tal processo, tanto impondo um permanente desinvestimento em educação (praticado até hoje), como impondo reformas brutais na filosofia, conteúdo e estrutura do ensino (como exemplos tivemos a reforma do ensino médio, e a Reforma da Universidade Pública em 1968). Isso empobreceu enormemente a formação educacional e humana do brasileiro médio, com graves consequências na sua formação política. Atualmente, em quase nada adianta ter um diploma universitário para ser considerado como um cidadão educado e participante ativo na construção da democracia.

Daí, a ignorância já generalizada em seguida a 3 gerações pós-1964, resulta na enorme descrença da ciência, como também na capacidade de bem interagir criticamente com a própria ciência (atitude que estamos desenvolvendo na nossa disciplina de epistemologia, não?).

Imagem de Marcia Casarin Strapazzon (202000639)
Re: Aula 12
por Marcia Casarin Strapazzon (202000639) - Wednesday, 29 Apr 2020, 16:33
 

Excelente discussão. Também venho me perguntando, ao longo da disciplina, sobre o "revés" quanto à legitimidade da ciência na contemporaneidade. Causa até uma espécie de nervosismo, pois, enquanto autores proeminentes trabalham a questão da supremacia da ciência, a própria criação dos riscos socializados pelo avanço da tecnologia sem reflexividade (Beck, Latour, Guiddens), aqui estamos vendo o oposto se concretizar... E tudo muito rápido. E com um crescimento de discursos religiosos em oposição... 

A explicação do Professor é muito pertinente e me fará refletir e discutir um bom tempo por aqui.